Projetos

Security Experts é um projeto idealizado a mais de 20 anos que almeja estabelecer uma comunidade da área de segurança da informação e disseminar gratuitamente conhecimento sobre o assunto. Possui uma equipe multi-disciplinar de grandes profissionais da área de segurança no Brasil que publicam how-tos, noticias e dicas sobre segurança e o apoio de várias comunidades de assuntos específicos na área

 

SecurityCast [versao 1]
O projeto do SecurityCast nasceu em um dos maiores eventos de Tecnologia da Informação do país, a CampusParty 2014, onde os integrantes se conheceram em uma mesa redonda na discursão sobre Segurança da Informação e Comunicações. A ideia foi tão envolvente que rapidamente iniciaram-se os trabalhos e no dia 19 de mai de 2014 fizemos nossa primeira transmissão. O tema deste primeiro WebCast foi a vulnerabilidade HeartBleed.

O SecurityCast então tomou o seguinte formato: Programas quinzenais sobre Segurança da Informação e Comunicações para profissionais de TIC em geral (desenvolvedores, estudantes, comunidade e interessados).

 

logo_openmedia
UVST sigla de User Verifiable Social Telematics, é um projeto internacional liderada pela italiana Open Media Cluster que almeja criar um ultra-seguro sistema computacional, englobando servidores seguros, plataformas móveis e desktop e dentro dele prover serviços de e-mail,web,voz,chat, entre outros. O projeto prevê o controle absoluto, de todos os processos desde a manufatura dos equipamentos até a verificação minuciosa dos códigos dos programas em utilização, através de uma dramática redução nas linhas de código utilizadas na produção e mantendo a possibilidade de verificação do usuário em todas as fases do processo.

 

 

Hermes é o codinome de um projeto de uma empresa brasileira, que esta desenvolvendo um software de mensagens instantâneas, com o objetivo que ele seja à prova de espionagem. Para isso diversas técnicas de criptografia e implementação estão sendo desenvolvidas, de modo a tornar impossível a interceptação de mensagens de forma prática.

 

 

ESPH sigla de Enterpise Security Planning Hack, é um fork da internacionalmente conhecida metodologia de implementação da segurança em redes corporativas, sob a perspectiva hacker. Essa metodologia prevê a implementação da segurança em células de modo que caso uma célula seja comprometida não comprometa as outras. A principal diferença entre as duas são os métodos escolhidos e ferramentas utilizadas para implementação da segurança.

 

317653_138212939614319_560351025_n
USL-PY sigla de Unión Software Libre – Paraguay, é um projeto que almeja ser um fomentador da cultura software livre dentro do Paraguay, promovendo eventos, conferencias e treinamentos. Possui um braço governamental composto por órgãos de TI do governo, um braço comunitário formado por comunidades de softwares livres, um braço universitário representado por universidades e projetos internos relacionados, e outro corporativo formado por empresas que utilizem extensivamente software livre em sua estrutura.